Zonas obscuras da natureza humana

 

Literatura também se faz com o não dito. Com aquilo que o autor guarda entre as dobras da tessitura narrativa, o algo inexplícito que se torna uma voz secreta modulando além dos limites da história, na apreensão do leitor.

São as lacunas acortinadas em mistério, sombras do enredo que concentram, nos silêncios, seu maior impacto.

Ninguém detém a noite explora os cantos de obscuridade que tem lugar na natureza humana. Em seu segundo livro de contos, o escritor pernambucano Nivaldo Tenório compõe uma galeria de personagens mobilizados por desejos e terrores interiorizados e, portanto, muitas vezes inauditos.

Ainda que situado no espaço das cidades pequenas, dos povoados distantes, o território das verdadeiras ações está dentro desses indivíduos incapazes de se desatarem de conflitos e de atos cruéis para significar suas próprias existências.

Um ambiente de reconhecimento onde é sempre escuridão adentro, ou uma escuridão que vive dentro de outra escuridão.

Diante dessas tétricas experiências da vida, a força simbólica reside na morte e em suas representações.

O autor promove as relações entre animais noturnos e objetos umbrosos sob o signo da finitude, transformando o universo abstrato, de crises e surtos mentais, numa atmosfera de devaneio através da qual se desvela o passado de perdas e de impura formação.

A prosa de ficção vagueia pelas rachaduras da realidade, com fluidez e consciência imaginativa, domada por uma escrita viva, cuja potência está na dimensão psicológica de seus personagens e nos desdobramentos de um passado que resiste a qualquer forma de reinvenção ou de recomeço.

Em Ninguém detém a noite, Nivaldo Tenório se confirma um autor habilidoso e maduro, detentor de todas as chaves que causam a imersão do leitor em suas histórias, trancando-o naquele espaço atordoante mesmo após cruzar o ponto final.

***

Livro: Ninguém detém a noite

Editora: Confraria do Vento

Avaliação: Excelente

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s