As muitas vozes de um assalto

Aqui é o crime, de Artur Rodrigues, tem como evento catalisador um assalto a banco no centro de São Paulo.

É a partir desse acontecimento que o romance dá voz a personagens ligados direta ou indiretamente ao roubo, através de capítulos curtos conduzidos em ritmo polifônico, uma narrativa-coral.

São os ladrões, o chefe do crime que dita as ordens da cadeia, o jornalista que cobre o caso, o delegado, a mulher do traficante e o menino que vê o pai policial morrer, dentre outros, que, ao descrevem recortes multifários de suas vidas, acabam revelando a maneira como se relacionam com o crime.

Rodrigues se sai muito bem na forma que se propôs a contar sua história.

O autor consegue construir e individualizar seus personagens pelo modo como falam, mesmo que a grande maioria se valha de uma dicção marginalizada, marcada por gírias, palavrões e figuras de linguagem.

Certos capítulos, inclusive, vão além do enredo central, dando dimensão ao contexto em que o narrador está inserido, a exemplo das passagens focadas nos trabalhos do jornalista e dos policiais, e quando descreve, com um timbre infantil, a memória semiapagada que sublima a dor.

Ocorre que o fio condutor que liga esses fragmentos é frágil. O assalto, que é anteposto a toda a trama, nunca atinge o impacto que deveria e, em alguns trechos, a conexão entre o fato e o personagem soa confusa, por vezes forçada, mesmo que se tenha um leitor empenhado em constituí-la.

Eliminando um ou outro capítulo, seria um bom volume de contos. Já como romance, carece de compacidade.

***

Livro: Aqui é o crime

Editora: Patuá

Avaliação: Regular

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s