O filho da dor oceânica

José Luís Peixoto é, hoje, um dos escritores mais consagrados da literatura contemporânea portuguesa. Seus livros, que transitam da prosa ao verso, foram traduzidos para diversos idiomas e premiados dentro e fora do seu país.

Morreste-me, que inaugurou sua carreira em 2000, chega finalmente às livrarias brasileiras. E, a despeito da longa espera, a leitura compensa cada dia. A despeito do tamanho um pouco maior que o de um conto, o enredo é dos mais densos, pungentes e assombrosamente lindos.

Cada frase ressoa a voz grave e ao mesmo tempo de uma inflexão poética que viria a se fixar um traço distinto na obra do autor. Peixoto dá a impressão de estar, a todo custo, à procura da palavra exata, a única capaz de produzir a sonoridade exigida. Em Morreste-me, esse ofício apurado espraia-se num ritmo caudaloso que encontra a sintonia de uma elegia, de um réquiem.

O leitor se vê diante de uma declaração de amor, mas também de pesar. A tristeza plena causada pela morte recente do pai, uma “dor oceânica”. O fluxo testemunhal oscila entre o agora e o antes, visitando cenas compostas com a matéria de olhares, lembranças e sentimentos: a infância, a saída de casa, a descoberta da doença, o tempo de internação, o acompanhar do féretro, o retorno à casa desabitada do pai.

Recordar, no esvaziamento da vida, passa a ser um prolongamento da existência. Tornar um adeus não quisto em homenagem. A narrativa, dessa forma, rasga a alma e alcança um efeito comovente no choro do menino que morre e do adulto que passa a carregar uma história que não sua.

Vale registrar que o livro conserva o português original, e isso pode causar certa estranheza. Todavia, um idioma tão estranho como é o idioma do luto para aqueles que nunca tiveram de se expressar por suas palavras.

***

Livro: Morreste-me

Editora: Dublinense

Avaliação: Muito bom

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s